Luís Renato

Acontece que a poesia despe a ortografia

rasga o verbo

rompe a fala

torce o rabo

e dobra a língua.


Nenhum comentário: