Ramsi

Noite Infeliz

Não gosto de você, Papai Noel
... Você me enganou,
Me enchi de sonhos, desejos esperanças
Esperando pena noite de Natal.

Coloquei até meu sapato na janela
Esperei um dia, uma noite, uma vida,
Esperando uma noite que não veio.

Veio sim! A dor, a angústia, a solidão,
A tristeza de estar só, absolutamente só.
Mesmo que com muita gente
No meio da multidão.

De repente me vi descalço,
Os pés doíam, sangravam até.

Aí acordei!
Fênix cinza, dela ressurgi,
Do clarão nas trevas nasceu a esperança.
Do raio de luz veio a bonança,
Só não veio a vontade de acreditar nela
Por isso, me arrependo tanto, tanto mesmo,
De ter posto meu sapato na janela.

Ramsi = Ismar Caetano Monteiro

Nenhum comentário: