Ronaldo de Castro

A ÉGUA
A égua corre
come a pista
engole o pasto
bebe a água

Quando ela come
o espaço vasto
os seus humores
molham o pasto

A água forte
patas aéreas
carreiras corre
correndo ganha

Porém se topa
no prado o macho
relincha fêmea
só vê o sexo

Seu voo para
a fúria abranda
correr não corre
não come a pista

(Domesticou-se
no prado a água:
só bebe água
e engole pasto).

Nenhum comentário: