Vagner Braz

NUNCA CONHECI



Minha alma dorme em um lugar frio
Pois eu ateei fogo na embriaguez
Vim para lhe encontrar
Eu só não quero ficar sem você
Fechar meus olhos, e sentir você me beijar
Você e Eu, juntos adormecemos no tempo
Que eu nunca habitei, nunca conheci
Tudo que precisamos é só um pouco de paciência
Eu paro e espero
Às vezes, eu fico tão triste
Mas eu não posso acelerar o tempo
Perdoa-me
Perdoa-me

Perdoa-me

Um comentário:

Rubem Dutra disse...

muito bom meus parabéns,abraços