João Bosquo

Sete Sentidos

Não importa o abrir e fechar de portas
é sábado e nos restar o caminhar,
sempre em frente, essa é a direção
determinada, embora sob contrariedade

O abrir e fechar também acelera,
repara, as batidas do pobre coração
se de poeta, agricultor ou enfermeiro
recém saído da faculdade pra vida

O piscar também obedece a essa rotina
de abrir e fechar os olhos pálidos em ver
todas as coisas do mundo que permanecem...

O peixe constante abre e fecha as guelras
ao subir e descer os rios rumo ao Pantanal
e sem perceber penetra nos sete sentidos.

Nenhum comentário: