Vagner Braz

12 DE JUNHO

Meu almejado Amor,
Estes versos deseja asseverar tudo o que eu pressinto por você.
Anseio dizer-lhe mais uma vez o quanto sou bem-aventurado
Em poder tê-lo comigo, em sonho, sonho, sonho...

Mesmo que seja eventualmente e por menos temporada
do que eu verdadeiramente gostaria
Por favor, não perceba isso como uma exigência,
pois os momentos em que estamos juntos, em sonho, sonho, sonho...

Equilibram de modo pleno os momentos de separação, carência.
Crê quando te pronuncio que desejo estar contigo
Só acredito que experimentes o próprio
Os quais se vinculam dentro de mim...
que abrolhaste o primeiro tempo que articulastes comigo

Experimentei-me a felicidade...
Posso até transformar o mundo do avesso
Contudo se não te localizar de lhufas existirá importância tal a travessia...
Mas sei que em teu coração... Que guarda em si... O que mais procuro:
O Amor...

Nenhum comentário: